O perfil comunicador é vaidoso, gostando de receber feedbacks positivos e ser reconhecido pelo seu trabalho. Para momentos de dificuldade, os gestores precisam fazer um acompanhamento próximo.

Quando não for possível fazer um acompanhamento individual — por meio do one-on-one —, os gestores podem apostar em fazer uma reunião com todos os colaboradores a fim de coletar informações de como eles estão se sentindo nesse momento e o que estão desenvolvendo.

Nesse sentido, não basta o gestor ficar preocupado apenas e exclusivamente com as entregas das demandas. É preciso demonstrar empatia e questionar sobre como esse funcionário está se sentindo.

O perfil comunicador sob pressão necessita de uma atenção e acompanhamento da gestão. Quando feita de maneira adequada e empática, os resultados tendem a serem positivos, visto que esses profissionais gostam de serem reconhecidos pelo seu excelente trabalho.

Pessoas mais felizes são mais produtivas. E isso é uma profunda verdade!

Quando as organizações estão focadas exclusivamente em resultados e negligenciam a saúde e qualidade de vida dos colaboradores, os problemas aparecem em curto e médio prazo.

Vamos destacar os principais deles, que são:

  • Baixo engajamento dos colaboradores.
  • Desmotivação.
  • Baixa produtividade.
  • Conflitos de relacionamento.
  • Níveis elevados de estresse.
  • Índices altos de turnover (a proporção de demissões e contratações em determinado período).
  • Prejuízos para a organização.

Leave A Comment

All fields marked with an asterisk (*) are required